Bebidas

Degustação Luigi Bosca

Compartilhe

Degustação Luigi Bosca

No dia 10 de Março tive o prazer de participar de uma super degustação da vinícola Luigi Bosca. O evento ocorreu na loja De Marseille que fica em Joinville (SC).

Quem comandou o show foi o Manager Carlos Mendoza, que brilhantemente falou sobre a Bodega e sobre alguns de seus vinhos…

A Luigi Bosca pertence a família Arizu que há mais de 110 anos também produz os vinhos da Finca La Linda em Lujan de Cuyo (Mendoza).

Atualmente a vinícola produz cerca de 8.000.000 (isso mesmo, 8 milhões) de garrafas por ano, sendo que exporta para 47 diferentes países (EUA, Inglaterra, Brasil,…..). Atenção….Brasil é o numero 1……..em exportações para empresa…

Uma das idéias do evento era a de provar novos rótulos, já que apesar de ter começado em 1901 a vinícola esta sempre pensando em criar novas experiências, unindo tradição e inovação.

Mendoza produz cerca de 85% dos vinhos Argentinos e conta com 1.100 produtores. Com pouquíssimas chuvas (de 150mm a 200mm) tem somente 4% da terra cultivada…e isso graças aos dutos centenários que direcionam as águas dos Andes (água do degelo)…

Em Janeiro fazem a colheita das uvas brancas para espumantes, que não precisam estar muito maduras (garantindo acidez), e em maio e abril colhem as tintas (Malbec, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon, etc)……Com bastante tecnologia, usam tonéis de inox para recepção das uvas, que mantém o controle de temperatura (aromas), por 15 a 25 dias dependendo do vinho. Depois todos os tintos vão para barricas de carvalho (possuem mais de 4.000 barricas).

Alguns brancos vão para carvalho também. Das barricas 80% são de carvalho Frances e 20% de carvalho Americano. Atualmente estão pesquisando carvalhos Romenos, Chineses e Australianos para verem os resultados finais….

Site: http://luigibosca.com.ar/pt/

Vinhos:

IMG_0322

Eles possuem mais de 10 rótulos de vinhos brancos, sendo escolhido o Riesling, que apenas 2 produtores na região fazem. A primeira vez que produziram um Riesling foi em 1969, atualmente produzindo apenas 6.000 garrafas/ano. O vinho era de 2014, jovem, sem carvalho.

Bastante fresco e com mineralidade, apresentou também aromas cítricos…..provando que podemos ter ótimos exemplares desta uva fora do circuito França-Alemanha…

IMG_0323

O segundo vinho foi um Pinot Noir, sendo um novo rótulo da empresa e esta a primeira colheita. Não trata-se de uma uva típica da Argentina, mas aqui temos uma curiosidade. Estas vinhas (a planta) foram compradas da França, da região onde fica o La Tâche, e se adaptaram bem na região do UCO.

Depois de 12 anos finalmente saiu este vinho, que tem 13.012 garrafas, com um novo estilo (bom) de Pinot Noir na Argentina, e 10 meses de carvalho americano. Temos um vinho floral, frutado, e jovem, com ótimo equilíbrio e final médio.

IMG_0326

Finalmente temos agora um Malbec. (A Luigi Bosca tem 8 rótulos diferentes com a uva malbec)

Trata-se de uma linha nova, chamada Testimonio, que representa toda a paixão e trabalho da Família (Familia Arizu, que por algumas gerações em mais de 100 anos se dedica aos vinhos, sendo um dos membros da familia presidente da Wines of Argentina)…..São vinhos mais jovens com preços um pouco mais acessíveis que os vinhos rotulados como Luigi Bosca……

Este vinho vem de vinhedos com mais de 60 anos de produção, o que ocasiona uma menor quantidade e uma maior qualidade………Vinho fresco, com estrutura que passa por 8 meses de carvalho de primeiro e segundo uso…..(Luigi Bosca não usa barricas por mais de duas vezes)…

IMG_0340

O vinho seguinte foi o Gala 1, feito pela primeira vez em 2001 para comemorar o centenário da vinícola. Este tem 80% Malbec, 10% Petit Verdot e 10% Tannat, sendo as vinhas quase centenárias (90 anos).

A cada ano o enólogo elabora as mesclas com 3 uvas diferentes, tendo de 14 a 18 meses de barricas francesas de primeiro uso…. Curiosidade aqui é que as vinhas velhas deste vinho produzem apenas 5.000kg/Hectare, metade do que vinhas novas produzem!!

IMG_0346

Agora temos o Finca Los Nobles Cabernet Bouchet, trata-se de um vinho equilibrado, com aromas frutados, com um toque de especiarias, e equilíbrio entre tanino e acidez….

IMG_0338

Para finalizar temos um Malbec Terroir, que utiliza um dos 4 clones de Malbec (atualmente existem 27 clones diferentes de Malbec que se adaptam a diferentes Terroirs) que a Luigi Bosca plantou há 12 anos num local mais alto em Los Miradores…….São apenas 12.700 garrafas…..ou seja, uma pequena produção para eles. O vinho obteve 93 pontos pela Wine Spectator sendo super recomendado pela revista.

Trata-se de um malbec diferente, com caráter mais franco da uva, e pouco carvalho (menos de 1/3).

SQUAD Magazine
contato@squadmag.com.br
Somos um canal de conteúdo, que tem por objetivo reunir gente bacana, antenada e com sede de informação inteligente, rápida e de qualidade. Moda, lifestyle, gastronomia, saúde, viagens, vinhos, qualidade de vida e muitos outros assuntos vão estar por aqui.
Deixe seu comentário
Comente via facebook
Voltar ao topo