Fashion

É hora de praticar o desapego!

Como desapegar do que você não usa mais e ter um guarda roupa funcional.
Compartilhe

É hora de praticar o desapego!

Fim de ano chegando e já bate aquela vontade de deixar a casa arrumada e tudo em ordem para começar o 2017 zerados, concordam??

Então para ajudar vocês nessa árdua tarefa, porque não é fácil na correria que se instaura dar conta de cumprir todas aquelas intermináveis listinhas de promessas que nos obrigamos, o SQUAD está trazendo para vocês dicas super interessantes da Consultora de Estilo e Imagem, Letícia Becker, de como desapegar geral e só manter em seu guarda roupa aquilo que efetivamente te representa e tem a ver com o seu estilo e o seu momento de vida. Esperamos que vocês aproveitem e botem em prática todas as dicas!

“Sejamos criteriosas: quanto do seu guarda-roupa tem realmente a ver com você? Ou melhor, quantas peças de seu guarda-roupa você não usa há mais de um ano? Pronto; selecione, desapegue.

Se você ainda não usou a blusinha que comprou naquela viagem, ou aquela calça que arrematou pela promessa do corte que emagrece mas em você simplesmente não funciona: pratique o desapego; doe aquele lenço que é lindo mas nunca se encaixa com o humor do seu dia.

Limpe, permita-se abrir espaço no armário para quem você realmente é. Respeite o que o último ano indicou sobre a sua personalidade e estilo. A única constante em nossa vida é a mudança, isso é um fato. Talvez você tenha mudado de emprego, de namorado, de objetivos. Você se reinventou nos últimos tempos e é natural que algumas peças de roupa não digam mais sobre você. Lembre-se: liberar espaço no armário é liberar espaço ao novo em sua vida.

Existem técnicas na consultoria de imagem que podem ajudar nesta limpeza; a avaliação de seu tipo físico e de sua coloração pessoal são duas delas. Mas aqui o convite é mexer nas suas coisas e trazer consciência sobre quem você é, entender qual estilo te pertence.

E para trazer um pouco mais de objetividade ao post, pensei em indicar um formato de organização que te possibilite ter e manter um guarda-roupa inteligente. Sem preguiça viu? Vai valer a pena! Como já disse Constanza, “um armário com poucas roupas – mas boas, queridas e adequadas – permite que suas escolhas sejam eficazes e rápidas!” A ideia é categorizar e avaliar o percentual que você possui em cada nicho. Com minha sugestão de quantidade, perceba o que você possui demais ou de menos, para descartar com inteligência e comprar com eficiência.

35% de roupas básicas

Elas são indispensáveis para qualquer estilo. Seja você mais clássica, esportiva ou moderna, todo armário precisa contar com uma camisa branca, camisetas de malha, saias retas, calça jeans, um vestido preto, um blazer ou um terno completo.

 praticando-o-desapego-01-roupa-basica

15% de peças de sobreposição

São as peças de sobreposição que transformam nossas composições. A possibilidade de montar um lookpor camadas o deixará mais criativo e bacana. Será o cardigan, por exemplo, que poderá substituir o blazer em ocasiões menos formais e também trazer elegância quando apoiado sobre os ombros na composição casual. Aqui vale estudar com cuidado quantas peça você poderia usar como sobreposição e as esta desperdiçando!

praticando-o-desapego-02-sobreposicao

5% de roupas de inverno

Aqui vale investir nos clássicos e nas peças bem acabadas, elas duram uma eternidade. Um bom Trench-coat  (de preferência em tom neutro), aquela bota super confortável, um casaco de lã batida com o corte a sua medida e uma jaqueta fominha e confortável para os dias mais frios já dão conta do recado!

praticando-o-desapego-03-inverno

15% de itens festivos

Me refiro aos tecidos ricos, aos bordados impecáveis, às clutches e aos braceletes, àquelas peças que te sustentam em qualquer evento glamouroso. Mas lembre-se, é essencial que você aprenda a usar esses itens também fora dos eventos esparsos ou das festas de final de ano; uma saia de jaquard ou um brinco poderoso – por exemplo – transformarão seu look para uma reunião importante, experimente!

praticando-o-desapego-04-itens-festivos

10% de acessórios atemporais

Um scarpin preto, uma bolsa estruturada e um lenço de seda estão entre os itens que permanecerão no seu guarda-roupa por tempos e tempos, você apenas irá compô-los de acordo com o seu momento.

praticando-o-desapego-05-itens-atemporais

20% de tendência 

Entre o início à massificação de uma tendência são aproximadamente dois ou três anos onde seremos estimuladas até não resistirmos e adquirimos determinada peça. Elas permitem atualizar facilmente o look, dão um ar todo “fashionista” e traduzem nossos desejos momentâneos; além disso, vão e voltam de tempos em tempos. As saias midi rodadas ou com abortamento frontal, os maxi coletes, o sapato oxford ou o tênis esportivo que traz casualidade e conforto instantaneamente são exemplos deste nicho.

praticando-o-desapego-05-tendencia

É claro que o tamanho dos nichos aqui propostos poderão variar de acordo com o teu estilo de vida, essa é apenas uma sugestão. Mas aqui fica o convite para te fazer pensar sobre o teu guarda-roupa e desejar organizá-lo para simplificar a tarefa de se vestir todos os dias, até que se torne um momento prazerozo! (é esse o meu objetivo principal!)”

Imagens:reprodução/ texto em aspas de autoria de Letícia Becker, consultora de estilo e imagem, fashion buyer, apaixonada por tudo ligado a moda e pessoas.

SQUAD Magazine
contato@squadmag.com.br
Somos um canal de conteúdo, que tem por objetivo reunir gente bacana, antenada e com sede de informação inteligente, rápida e de qualidade. Moda, lifestyle, gastronomia, saúde, viagens, vinhos, qualidade de vida e muitos outros assuntos vão estar por aqui.
Deixe seu comentário
Comente via facebook
Voltar ao topo