Atualidade Entretenimento

Felipe Neto processa youtuber que o acusou de fraude

Artista exige indenização de R$ 37 mil de Rogério Betin
Compartilhe

Tendo seus conhecimentos por denunciar várias fraudes em um canal de vídeos no YouTube, Rogério Betin acabou sendo processado por Felipe Neto, onde Betin chegou a revelar supostas irregularidades em promoções realizadas por Felipe Neto e o seu irmão Luccas Neto.

O processo teve a primeira audiência de conciliação na última quinta-feira (23), mas os irmãos influenciadores digitais não compareceram. Rogério, que mora em Curitiba (PR), foi até o Rio de Janeiro para se defender no Fórum da Barra da Tijuca, mas o deslocamento acabou sendo em vão.

Felipe e Lucas exigem uma indenização de R$ 37 mil por Rogério ter supostamente caluniado os dois e atrapalhado financeiramente os negócios dos irmãos.

Isso porque ele fez vídeos apontando fraudes que podem ter ocorrido em ações promocionais deles.

Uma é referente ao jogo telefônico que eles promoveram para sortear visitas à Netoland e uma viagem para a Disney.

Segundo Rogério, Felipe havia prometido que a participação na campanha seria limitada em dez ligações, ao custo de R$ 6 cada. No entanto, ele mesmo conseguiu realizar 32 telefonemas para o número indicado e comprovou que não existia esse limite, o que poderia onerar as contas de telefones dos fãs dos Netos, majoritariamente menores de idade.

FONTE

Rafael Barbosa
rafaelsilvabarbosabrbs73@gmail.com
Deixe seu comentário
Comente via facebook
Voltar ao topo